Programa de residência da Casa Pública 2017 / 2018 para repórteres internacionais - Brasil

Prazo de inscrição: Em andamento

Agência Pública convida repórteres internacionais para participar Programa de residência da Casa Pública. Primeiro centro cultural do Brasil para o jornalismo, a Casa Pública funciona como um sistema de apoio e ponto focal para a produção e discussão do jornalismo independente e inovador na América Latina.

Esta segunda edição do programa oferece alojamento gratuito e orientação aos seus participantes e procura criar um sistema de apoio para jornalistas interessados ​​em reportar sobre uma ampla variedade de tópicos ligados aos direitos humanos.

Aplicação
O Programa de Residência será realizado em duas rodadas. O primeiro durará de setembro
até novembro de 2017 e o segundo ocorrerá de janeiro a março 2018.
As inscrições permanecerão abertas durante todo este período e serão aceitas em uma base contínua

requisitos:

  • Repórteres fora do Brasil, ou jornalistas brasileiros residentes no exterior, que trabalham com meios de comunicação independentes e têm um histórico comprovado de relatórios internacionais;
  • Repórteres que falam fluentemente português ou espanhol;
  • Repórteres que estão disponíveis para permanecer no Brasil por 15 dias entre os meses de setembro a novembro 2016 ou entre os meses de janeiro e março de 2018
  • Repórteres que podem garantir que publicarão as peças produzidas durante o programa em um meio de comunicação com o qual colaboram.
  • As inscrições devem ser feitas através do formulário on-line a partir de agosto 11th e permanecerão abertas durante as duas rodadas do programa. No registro, o repórter deve incluir:
● Seu nome e informações de contato;
● cidade e país de origem;
● Quais idiomas ele / ela fala;
● CV;
● O nome do site independente para o qual ele / ela trabalha;
● Nome e contato do editor responsável;
● Resumo da história que o repórter deseja investigar;
● Plano de trabalho, detalhando como planejam realizar suas reportagens;
benefícios:
A Casa Publica oferecerá aos jornalistas selecionados o seguinte:
a) Duas vagas por mês, entre os meses de setembro e novembro da 2017 e
entre os meses de janeiro e março 2018;
b) Acomodação na Casa Pública durante a residência, em um quarto compartilhado, e uso do
instalações da casa, como Internet e telefone. Casa Pública está localizada na Rua Dona
Mariana, 81 - Botafogo - Rio de Janeiro, perto do metrô e bem localizado para se locomover
a cidade;
c) Residentes recebem orientação e orientação da equipe da Agencia Publica durante todo o
todo o processo de desenvolvimento de suas histórias
d) Publicação de parte do conteúdo produzido, em português, no site da Agência Pública.
(apublica.org);
Responsabilidades do repórter participante
Em troca, a Agência Pública exige que o repórter:
● Garanta seguro de viagem, incluindo cobertura médica, fora de seu próprio bolso;
● Publica o relatório produzido durante o programa de residência em um estabelecimento estrangeiro;
● Certifica por escrito que manterá contato com um estabelecimento estrangeiro que também esteja de acordo com os termos destas diretrizes;
● A Casa Publica não se responsabilizará pelos seguintes itens, que serão de responsabilidade exclusiva do relator:
● Visa para entrar no Brasil;
● Compra de bilhetes de avião;
● Despesas diárias incluindo refeições
● Seguro / tratamento médico;
● Despesas relacionadas à contratação de um fixador;
● Despesas de viagem;
● Serviços de tradução;
● Serviços turísticos;
● Seguro de equipamento
Timeline
Agosto 11 - O processo de inscrição para o Programa de Residência da Casa Publica começa.
Setembro 1st 2017 - Primeira rodada de residências começa
Novembro 30th 2017 - Fim da primeira rodada de residências
Janeiro 8th 2018 - Segunda rodada de residências começar
Março 30th 2018 - Fim da segunda rodada de residências

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, escreva seu comentário!
Digite seu nome aqui